GUADALUPE ORTIZ DE LANDÁZURI - Trabalho, amizade e bom humor

A Editora Quadrante lança a tradução da primeira biografia de Guadalupe Ortíz, que será beatificada em Madri no próximo 18 de maio. O livro recolhe os principais aspectos e acontecimentos da sua vida, com base em seus diários e testemunhos de quem conviveu com ela.

Opus Dei - GUADALUPE ORTIZ DE LANDÁZURI - Trabalho, amizade e bom humor

“A medida da santidade”, disse o Papa Bento XVI numa de suas catequeses, “é dada pela estatura que Cristo alcança em nós, desde quando, com a força do Espírito Santo, modelamos toda a nossa vida sobre a sua”. Guadalupe Ortiz de Landázuri (1916-1975) foi uma mulher que procurou deixar-se modelar. Foi, para muitas pessoas, um exemplo de trabalho sacrificado, de amizade sincera e verdadeira alegria.

Em 1944, recém-formada na faculdade de Química, encontrou-se com São Josemaria Escrivá, fundador do Opus Dei, e este lhe descortinou um panorama inteiramente novo para a vida espiritual, mostrando-lhe que o trabalho bem feito pode e deve ser ocasião de encontro com Deus e serviço ao próximo.

A partir desse momento, Guadalupe dedicou-se a viver e a ajudar os outros a viver essa mensagem – e sempre com alegria, quaisquer que fossem as circunstâncias: dos laboratórios de pesquisa às regiões mais carentes do México.

Todos os que conheceram Guadalupe dão testemunho do seu grande coração, da sua personalidade suave e, sobretudo, do seu constante sorriso. Seu processo de beatificação foi iniciado em 2001, e em 2017 a Igreja reconheceu a heroicidade de suas virtudes. Em 2019, a Igreja declarou-a bem-aventurada.

Mais informações sobre o livro no site da Editora Quadrante

A autora, Mercedes Eguíbar Galarza, é jornalista e doutora em Ciências da Educação, nasceu em Gijón (Espanha). Dirigiu diversas publicações especializadas em educação, além de ter escrito livros e artigos sobre o tema, alguns deles premiados por associações jornalísticas.