Uma estampa no volante

Coloquei no volante do meu carro a estampa do bem-aventurado Álvaro del Portillo para não me esquecer de pedir pela minha intenção todas as manhãs...

Opus Dei - Uma estampa no volante

Depois de um ano procurando emprego sem sorte, minha cunhada sugeriu que pedisse ajuda a dom Álvaro. Decidi pedir esta graça somente a ele, para ter certeza de que não devia esse favor a mais ninguém. Além disso, me comprometi a que, a partir desse instante, não voltaria a criticar o Opus Dei.

Consegui uma pequena estampa com a oração e a coloquei no volante do meu carro para não me esquecer de pedir a minha intenção todas as manhãs. Assim transcorreu mais um ano sem conseguir uma só entrevista de trabalho, porém eu continuava insistindo.

Um dia perguntei a uma amiga se conhecia alguém numa universidade, para que me ajudasse. O resto foi muito simples: poucas semanas depois comecei um ciclo de entrevistas e este mês se cumpre meu primeiro aniversário trabalhando nessa instituição. Devo dizer que tem sido um ano feliz. Conheci pessoas maravilhosas. Sinto que cheguei aonde eu queria estar e que alcancei dois favores em um.

Certamente este favor é pequeno, comparado com outros, mas na minha vida foi uma transformação pessoal e espiritual

Aquela estampa de Dom Álvaro continua no volante do meu carro, já um pouco sem cor por causa do sol. Cada manhã me lembra de que graças a ele vou trabalhar com muita alegria.

Certamente este favor é pequeno, comparado com outros, mas na minha vida foi uma transformação pessoal e espiritual. Deus permita que este testemunho seja útil para sua a causa de canonização.


Enviar o relato de um favor recebido.

Enviar um donativo.